quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Atividades de EDUCAÇÃO FÍSICA para Séries Finais - ESPORTE HANDEBOL

Plano de Aula I

Objetivos da Aula: Proporcionar atividades e jogos que desenvolvam de forma recreativa, as habilidades básicas do handebol, sem seguir regras próprias do jogo, conhecendo um pouco melhor as habilidades e os conhecimentos dos alunos sobre o esporte, estimulando assim a prática e um melhor conhecimento do mesmo.

Conteúdos: Atividades recreativas, coordenação motora, coletividade e movimentos básicos do esporte.

Objetivos Específicos:
Atitudinais: Participar das atividades coletivas, e estabelecer regras para um bom convívio com os colegas da turma.
Procedimentais: Desenvolver qualidades motoras, experimentando diferentes jogos.
Conceituais: Vivenciar atividades diversificadas.

ATIVIDADES

Pega – Deita
Formação: Alunos em um grande círculo, deitados em decúbito dorsal, exceto dois alunos escolhidos pelo professor e designados um para ser o pegador e outro o fugitivo.
Desenvolvimento: Ao sinal da professora o aluno designado como pegador, deverá tentar pegar (tocar) o fugitivo, este por sua vez deverá tentar fugir do pegador.
Para se salvar o fugitivo deverá saltar sobre um dos colegas que está deitado e deitar ao seu lado, automaticamente o colega que está deitado deverá levantar-se passando a ser o fugitivo. Se o fugitivo for pego passará a ser o pegador, e o pegador por sua vez será o fugitivo.

Segurando a Bola
Formação: Alunos divididos em dois grupos que ficarão posicionados em lados opostos da quadra de voleibol, com uma bola. Na linha de fundo oposta, dentro de um triangulo que será a base, ficará um aluno que será considerado o goleiro.
Desenvolvimento: Ao sinal, o grupo de posse da bola deverá lançá-la em direção ao goleiro, e este tentará segurá-la. Cada vez que a bola for agarrada, ou o goleiro sair da base, será ponto. Os alunos sem posse da bola tentarão interceptar a jogada pulando e deslocando-se somente em seu campo, só não poderão tocar na bola com as pernas ou pés. Enquanto que os que têm a posse da bola, poderão trocar até três passes antes de lançar a bola para o goleiro, e picar a bola uma vez no chão antes de fazer um passe, mas também somente em seu campo.

Handebol com Alvo
Formação: Dois grupos, posicionados em lados opostos da quadra de futsal, nos gols será pendurado um arco.
Desenvolvimento: Os alunos executarão uma partida de handebol recreativa, onde se é permitido entrar na área de gol, não precisa de goleiros, é permitido arremessar a bola em qualquer um dos alvos. A única regra básica a seguir é a de conduzir a bola apenas com as mãos e picando a mesma, mas esta regra também não será exigida restritamente.

Handebol
Formação: Os alunos são divididos em dois grupos, cada grupo se espalha em um dos lados da quadra, a professora escolhe um aluno de cada grupo para ser o goleiro.
Desenvolvimento: A professora entrega a bola para uma das equipes, e dá um sinal de início. O aluno de posse da bola deverá passar com as mãos a um colega de equipe, que passará para outro, e para outro, e assim sucessivamente, ou poderão conduzir a mesma picando, até que consigam atravessar o campo adversário para tentar marcar um gol.
A equipe adversária por sua vez, procura de todas as maneiras interceptar a bola, impedindo sua passagem e encaminhando-a para o outro lado, com o mesmo objetivo. Cada vez que se marcar um gol a bola deve ser devolvida à sua equipe pelo goleiro, para dar continuidade ao jogo. Será considerada vencedora a equipe que fizer maior número de gols. Não serão cobradas todas as regras do jogo, apenas se lembrará durante a partida das mesmas, para que os alunos comecem a assimilá-las.

Recursos: Bolas de handebol, giz e arcos.


Plano de Aula II

Objetivos da Aula: Proporcionar atividades recreativas e divertidas que desenvolva o handebol, através de brincadeiras diversificadas, sem cobrar regras próprias do jogo e fundamentos visando uma breve adaptação dos alunos ao esporte.

Conteúdos: Exercícios recreativos voltados ao handebol, que trabalhem a coletividade, lateralidade e orientação espacial.

Objetivos Específicos:
Atitudinais: Ajudar uns aos outros.
Procedimentais: Realizar movimentos diferenciados, adequando-se as diferentes situações.
Conceituais: Conhecer as habilidades, conhecimentos e interesse dos alunos pelo esporte.

ATIVIDADES

Queimada Maluca
Formação: A professora divide a turma em dois grupos ou equipes, delimita uma área da quadra onde uma das equipes ficará dentro da mesma, e os alunos da outra equipe, ficarão espalhados ao redor da mesma área tendo a posse de uma ou mais bolas.
Desenvolvimento: A equipe que tem a posse da bola deverá tentar acertar nas penas dos alunos da equipe adversária. O jogador atingido sairá da quadra e passara a atirar a bola também em seus companheiros de equipe, o tempo de jogo será de cinco minutos para cada equipe, e ao seu término as equipes trocarão de posição, os que estavam jogando a bola passarão a fugir da mesma, os alunos que estão sendo perseguidos podem se defender agarrando a bola, e os que estão tentando acertar nos colegas podem passar a bola entre os componentes da sua equipe. Vencerá a equipe que ficar com um maior número de componentes no jogo.

Handebol sem goleiro
Formação: Duas equipes, posicionadas em lados opostos da quadra, sem que haja um goleiro.
Desenvolvimento: Ao sinal da professora os alunos iniciarão um jogo de handebol recreativo, seguindo a seguinte regra, a equipe só poderá tentar marcar gol, dentro de uma área demarcada pela professora, para evitar que os alunos tentem arremessar de qualquer lugar, e trabalhem a bola antes de realizar o arremesso. A atividade será coordenada pela professora para evitar transtornos, alem de auxiliar os alunos na execução dos fundamentos e no cumprimento de algumas regras básicas do handebol.

Recursos: Bolas de handebol.


Plano de Aula III

Objetivos da Aula: Atividades e jogos recreativos, que proporcionem aos alunos uma melhor noção do esporte, através de uma aprendizagem divertida dos principais fundamentos do handebol, aplicando a prática do mesmo e expondo algumas regras básicas, mas sem cobrança.

Conteúdos: Exercícios recreativos, voltados aos fundamentos básicos do handebol, como, passe, recepção, arremesso, condução e locomoção sem finalidade de execução de forma técnica.

Objetivos Específicos:
Atitudinais: Respeitar as diferentes habilidades e atitudes coletivas.
Procedimentais: Experimentar diferentes formas, de executar determinados movimentos.
Conceituais: Evidenciar práticas que aprimorem os aspectos de habilidades naturais.

ATIVIDADES

Pega-Pega com bola
Formação: Alunos dispersos na quadra, em uma área delimitada pela professora, dois alunos serão escolhidos e designados como os pegadores, esses por sua vez terão a posse de uma bola.
Desenvolvimento: Ao sinal dado pela professora, os alunos que são os pegadores deverão passar a bola entre si, com o intuito de tocá-la em um dos fugitivos, deve-se levar em conta que os pegadores não poderão atirar a bola nos fugitivos, só poderão encostar a bola nos mesmos, também não poderão correr com a bola nas mãos, tendo assim que passar a bola entre si e se posicionarem de maneira que facilite aos mesmos tocar a bola nos colegas.
Os fugitivos por sua vez, deverão fugir do alcance dos pegadores, respeitando a área delimitada, os que forem tocados pela bola passarão a fazer parte do grupo pegador.
A brincadeira termina, quando não tiver mais fugitivos.

Jogo dos Cinco Passes
Formação: Alunos divididos em duas equipes. O campo de jogo será toda a quadra de futsal.
Desenvolvimento: O início de jogo será feito pela professora com um arremesso ao alto. A equipe que tomar a posse de bola terá que realizar cinco passes consecutivos. Se a outra equipe conseguir tocar na bola, a contagem terá que recomeçar. Os alunos da equipe farão a contagem dos passes em voz alta, facilitando o controle da professora. Cada cinco passes realizados pelas equipes valerão um ponto. A equipe vencedora será aquela que atingir  o número de pontos desejados pela professora.

Quico lá – Quico cá
Formação: Na quadra, a professora divide a turma em duas equipes. Em cada extremidade da quadra, o professor desenha um círculo (A e B), com dois metros de diâmetro. Dentro de cada círculo, o professor coloca dois alunos, sendo um de cada equipe, nas laterais os outros alunos das equipes se colocam em fileiras. O professor entrega a bola a cada aluno do circulo A.
Desenvolvimento: A um sinal dado pela professora, cada aluno de posse da bola começa a repassá-la para os colegas de equipe, até chegar ao outro círculo, na extremidade oposta da quadra. Quando os alunos do círculo B receberem as bolas, deverão sair pelo centro da quadra, picando a bola, até chegar ao círculo A. Nesse momento os alunos de cada equipe dão um passo à esquerda, para que os colegas que estavam dentro do círculo A entrem nas suas respectivas fileiras. O primeiro aluno de cada fileira deve entrar no circulo vazio e recomeça o passe de bola, e assim sucessivamente. Toda vez que o primeiro aluno volta ao lugar de origem, a professora marca um ponto para a equipe.

Handebol
Formação: Os alunos são divididos em dois grupos, cada grupo se espalha em um dos lados da quadra, a professora escolhe um aluno de cada grupo para ser o goleiro.
Desenvolvimento: A professora entrega a bola para uma das equipes, e dá um sinal de início. O aluno de posse da bola deverá passar com as mãos a um colega de equipe, que passará para outro, e para outro, e assim sucessivamente, ou poderão conduzir a mesma picando, até que consigam atravessar o campo adversário para tentar marcar um gol.
A equipe adversária por sua vez, procura de todas as maneiras interceptar a bola, impedindo sua passagem e encaminhando-a para o outro lado, com o mesmo objetivo. Cada vez que se marcar um gol a bola deve ser devolvida à sua equipe pelo goleiro, para dar continuidade ao jogo. Será considerada vencedora a equipe que fizer maior número de gols. Não serão cobradas todas as regras do jogo, apenas se lembrará durante a partida das mesmas, para que os alunos comecem a assimilá-las.

Recursos: Bolas de handebol.


Plano de Aula IV

Objetivos da Aula: Proporcionar atividades e jogos que desenvolvam as habilidades e conhecimentos básicos dos alunos no handebol, sem seguir regras próprias do jogo.
Conteúdos: Brincadeiras e jogos recreativos de agilidade, atenção e velocidade voltados ao esporte.

Objetivos Específicos:
Atitudinais: Empenhar-se nas atividades propostas, como forma de valorização do grupo.
Procedimentais: Experimentar diferentes formas de movimento do aparelho motor.
Conceituais: Vivenciar atividades diversificadas.

ATIVIDADES

Os Caçadores
Formação: Alunos divididos em dois grandes grupos, dispersos na quadra de futsal, com uma bola.
Desenvolvimento: Ao sinal da professora os alunos que tiverem a posse da bola deverão lançar a mesma em direção a outra equipe, tentando acertar em um dos colegas da equipe adversária, enquanto os mesmos tentam fugir, o aluno que estiver com a bola só poderá dar três passos segurando a bola nas mãos, mas pode passar a bola para os outros companheiros de equipe. Quando algum aluno for acertado, deve sentar no chão, mas continua participando da atividade, pois pode continuar recebendo a bola de seus companheiros e acertar em outros colegas, se conseguir acertar o mesmo retorna a atividade normalmente. Quando alguém for acertado a posse da bola passa a ser da equipe do mesmo. A brincadeira termina quando uma das equipes se extinguir, ou quando os alunos perdem o interesse pela mesma.

Handebol dos passes
Formação: Duas equipes, posicionadas em lados opostos da quadra, cada equipe escolherá um representante para ser o goleiro.
Desenvolvimento: Ao sinal da professora os alunos iniciarão um jogo de handebol recreativo, seguindo a seguinte regra, a equipe só poderá tentar marcar gol, depois de terem realizado no mínimo 3 passes entre seus companheiros. A atividade será coordenada pela professora para evitar transtornos, alem de auxiliar os alunos na execução dos fundamentos e no cumprimento de algumas regras básicas do handebol.

Recursos: Bolas de handebol.


Plano de Aula V

Objetivos da Aula: Estimular a integração entre o grupo, desenvolvendo suas habilidades no handebol.

Conteúdos: Brincadeiras e jogos recreativos de agilidade e atenção, voltados ao esporte.

Objetivos Específicos:
Atitudinais: Valorizar a participação nas atividades propostas.
Procedimentais: Explorar as capacidades motoras de cada aluno.
Conceituais: Reconhecer as diferentes capacidades dos alunos.

ATIVIDADES

Pega - Pega aos Pares
Formação: Alunos em duplas, enganchados pelo braço um ao lado do outro, exceto dois alunos que serão escolhidos pela professora, um para ser o pegador e o outro para ser o fugitivo.
Desenvolvimento: Ao sinal da professora o aluno designado como pegador deverá tentar encostar no outro colega designado como fugitivo, porem se o colega que está fugindo parar ao lado de uma das duplas não poderá mais ser pego, o fugitivo passará a ser o colega que estiver ao lado daquele em que o fugitivo parar, e assim sucessivamente, quando alguém ser pego passara automaticamente a ser o pegador, e o que era pegador a ser o fugitivo.

Queimada – Gol
Formação: Alunos divididos em duas equipes, cada uma posicionada em um dos lados da quadra de handebol, com uma bola.
Desenvolvimento: Cada equipe deverá acertar um adversário ou fazer gols por meio de arremessos com a bola de handebol. A linha central da quadra será um limite para as duas equipes, a linha de fundo em toda a sua extensão é a linha de gol, onde ficarão posicionados um pouco à frente da mesma três alunos de defesa, esses três alunos são os únicos que podem tocar na bola quando a outra equipe estiver arremessando a mesma na direção da sua equipe, sem marcar pontos para a equipe adversária, pois estes deverão impedir que a bola ultrapasse a linha de fundo, para impedir o “gol” da outra equipe. As bolas consideradas “gols” serão recolocadas em jogo pelos jogadores de defesa, os alunos deverão trocar passes entre si para marcarem pontos.
Serão contados pontos quando:
Acertar um adversário – 2 pontos;
A linha de gol do adversário for ultrapassada – 3 pontos;
Os alunos que forem acertados continuarão na brincadeira. Será considerada vencedora a equipe que marcar maior número de pontos.

Handebol
Formação: Os alunos são divididos em dois grupos, cada grupo se espalha em um dos lados da quadra, a professora escolhe um aluno de cada grupo para ser o goleiro.
Desenvolvimento: A professora entrega a bola para uma das equipes, e dá um sinal de início. O aluno de posse da bola deverá passar com as mãos a um colega de equipe, que passará para outro, e para outro, e assim sucessivamente, ou poderão conduzir a mesma picando, até que consigam atravessar o campo adversário para tentar marcar um gol.
A equipe adversária por sua vez, procura de todas as maneiras interceptar a bola, impedindo sua passagem e encaminhando-a para o outro lado, com o mesmo objetivo. Cada vez que se marcar um gol a bola deve ser devolvida à sua equipe pelo goleiro, para dar continuidade ao jogo. Será considerada vencedora a equipe que fizer maior número de gols. Não serão cobradas todas as regras do jogo, apenas se lembrará durante a partida das mesmas, para que os alunos comecem a assimilá-las.

Recursos: Bolas de handebol.


Plano de Aula VI

Objetivos da Aula: Realizar jogos recreativos, que proporcionem aos alunos a introdução de todos os fundamentos do handebol e que permita os mesmos expor suas próprias habilidades no esporte.

Conteúdos: Exercícios recreativos, que introduza todos aos fundamentos básicos do handebol, como passe, recepção, arremesso, condução e locomoção.

Objetivos Específicos:
Atitudinais: Ter respeito uns com os outros.
Procedimentais: Diferenciar os diferentes movimentos corporais utilizados em diferentes esportes.
Conceituais: Compreender os objetivos das atividades. 

ATIVIDADES

Pegador de Dupla
Formação: Alunos em duplas de mão dadas, dispersos pela quadra, a professora escolhe uma dupla para ser a pegadora.
Desenvolvimento: Ao sinal dado pela professora os alunos deverão em duplas sem se soltar tentar fugir da dupla pegadora, os que forem pegos, passarão a ser pegadores também.

Handebol Recreativo
Formação: Duas equipes, posicionadas em lados opostos da quadra, cada equipe escolherá um representante para ser o goleiro.
Desenvolvimento: Ao sinal da professora os alunos iniciarão um jogo de handebol recreativo, seguindo a seguinte regra, a equipe só poderá tentar marcar gol, depois que todos os componentes da mesma equipe, exceto o goleiro, ultrapassarem a linha central da quadra de defesa para a de ataque. A atividade será coordenada pela professora para evitar transtornos.

Recursos: Bolas de handebol.


Plano de Aula VII

Objetivos da Aula: Realizar atividades e jogos recreativos, mais elaborados aos fundamentos básicos do handebol, que proporcione aos alunos uma melhor noção, execução e assimilação dos mesmos em situações de jogo, sem busca de finalidade técnica.

Conteúdos: Atividades e jogos, que introduzam exercícios dos fundamentos básicos do handebol como, recepção, passe, arremesso e deslocamento com bola.

Objetivos Específicos:
Atitudinais: Cooperar com os colegas na realização das atividades.
Procedimentais: Aperfeiçoar os conhecimentos que a turma já possue sobre o esporte.
Conceituais: Compreender os objetivos dos exercícios.

ATIVIDADES

Bola Humana
Formação: Serão formadas duas equipes, cada equipe se posicionará de um lado da quadra. Será feito um sorteio para ver qual a equipe que iniciará o jogo, será também determinado um tempo para casa equipe.
Desenvolvimento: Ao sinal dado pela professora, a equipe sorteada irá tentar entrar no gol do adversário, o qual tentará pegar todos os componentes do time oposto que entrarem em seu campo de jogo. Cada aluno que conseguir entrar no gol adversário será considerado um gol. Após terminado o tempo estabelecido pelo professor, a outra equipe realizará  o mesmo. É importante salientar que a equipe que estiver marcando não pode entrar na sua própria área e meta. Será vencedora a equipe que marcar mais gols com a bola humana.  

Estafeta com Condução de Bola
Formação: Duas colunas paralelas, o primeiro aluno de cada coluna com uma bola.
Desenvolvimento: Os primeiros de cada coluna irão conduzir a bola picando até o ponto estabelecido pelo professor, devendo após, passar a bola para o companheiro seguinte de sua coluna e retornar para o ultimo lugar da mesma. A equipe vencedora será aquela que terminar primeiro.

Arremesso aos Cantos
Formação: Alunos divididos em dois grandes grupos. Nas linhas de fundo da quadra de voleibol, fazer dois quadrados que serão as bases, em um lado da quadra ficará o grupo A e, nas bases, alunos do grupo B; do outro lado, o grupo B e, nas bases, alunos do grupo A.
Desenvolvimento: Ao sinal dado pela professora, o grupo que está com a posse da bola deverá em seu campo, fazer três passes e arremessar a bola para uma de suas bases dominar a bola. O grupo adversário tentará interceptar a bola, também em seu campo.
Caso a bola do grupo que arremessou chegue as suas bases e o aluno controle a bola, sem sair do quadrado ou pisar na linha, será considerado um ponto. Quando um dos grupos marcar ponto, a bola será do grupo adversário.

Handebol
Formação: Os alunos são divididos em dois grupos, cada grupo se espalha em um dos lados da quadra, a professora escolhe um aluno de cada grupo para ser o goleiro.
Desenvolvimento: A professora entrega a bola para uma das equipes, e dá um sinal de início. O aluno de posse da bola deverá passar com as mãos a um colega de equipe, que passará para outro, e para outro, e assim sucessivamente, ou poderão conduzir a mesma picando, até que consigam atravessar o campo adversário para tentar marcar um gol.
A equipe adversária por sua vez, procura de todas as maneiras interceptar a bola, impedindo sua passagem e encaminhando-a para o outro lado, com o mesmo objetivo. Cada vez que se marcar um gol a bola deve ser devolvida à sua equipe pelo goleiro, para dar continuidade ao jogo. Não serão cobradas todas as regras do jogo, apenas se lembrará durante a partida das mesmas, para que os alunos comecem a assimilá-las.

Recursos: Bolas de handebol.


Plano de Aula VIII

Objetivos da Aula: Proporcionar a participação espontânea dos alunos, nas brincadeiras e jogos recreativos, possibilitando um conhecimento real das capacidades da turma.

Conteúdos: Brincadeiras e jogos utilizando os sentidos, coordenação, agilidade, velocidade e manejo da bola.

Objetivos Específicos:
Atitudinais: Cooperar nas atividades propostas, tendo integração entre o grupo.
Procedimentais: Perceber as capacidades de atenção, coordenação e coletividade tida pelos alunos.
Conceituais: Reconhecer as diferentes habilidades.

ATIVIDADES

Ponto a Ponto
Formação: Alunos divididos em dois grupos, de preferência com números iguais de alunos. A professora escolhe um dos grupos para ficar dentro de uma área determinada pela mesma, e o outro grupo deverá ficar atrás das linhas que demarcam a área, com uma bola.
Desenvolvimento: Ao sinal dado pela professora, o grupo de fora, que esta de posse de uma bola, inicia o jogo lançando-a nos colegas. Quando um aluno for atingido, os grupos devem trocar de posição.

Handebol
Formação: Os alunos são divididos em dois grupos, cada grupo se espalha em um dos lados da quadra, a professora escolhe um aluno de cada grupo para ser o goleiro.
Desenvolvimento: A professora entrega a bola para uma das equipes, e dá um sinal de início. O aluno de posse da bola deverá passar com as mãos a um colega de equipe, que passará para outro, e para outro, e assim sucessivamente, ou poderão conduzir a mesma picando, até que consigam atravessar o campo adversário para tentar marcar um gol.
A equipe adversária por sua vez, procura de todas as maneiras interceptar a bola, impedindo sua passagem e encaminhando-a para o outro lado, com o mesmo objetivo. Cada vez que se marcar um gol a bola deve ser devolvida à sua equipe pelo goleiro, para dar continuidade ao jogo. Será considerada vencedora a equipe que fizer maior número de gols. Não serão cobradas todas as regras do jogo, apenas se lembrará durante a partida das mesmas, para que os alunos comecem a assimilá-las.

Recursos: Bolas de handebol.


REFERÊNCIAS

BERKENBROCK, Volnei J. Jogos e Diversão em Grupo. 6ª ed. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2002.

GONÇALVES, Maria Cristina; PINTO, Roberto C. Alves; TEUBER, Silvia Pessoa. Repensando a Educação Física: da Educação Infantil ao Ensino Fundamental – Esporte na Escola - Módulo 2. Curitiba: Bolsa Nacional do Livro, 2007.

VALADARES, Solange; ARAÚJO, Rogéria. Educação Física no Cotidiano Escolar: 88 Jogos ao Ar Livre. Vol.1 - 3ª ed. Belo Horizonte: Editora Fapi LTDA, 1999.

VALADARES, Solange; ARAÚJO, Rogéria. Educação Física no Cotidiano Escolar: 72 Jogos para Dias de Chuva. Vol.2 - 3ª ed. Belo Horizonte: Editora Fapi LTDA, 1999.

VALADARES, Solange; ARAÚJO, Rogéria. Educação Física no Cotidiano Escolar: 65 Jogos com Bolas. Vol.4 - 3ª ed. Belo Horizonte: Editora Fapi LTDA, 1999.

Um comentário:

  1. Excelente conteúdo, aproveitei muitas ideias de brincadeiras pre-desportivas. Parabéns e obrigado.

    ResponderExcluir